RSEMemória RSE

Memória em curso 

Click to download the PDF document

Os pequenos detalhes podem fazer a diferença. Nesta Memória do exercício de 2012, pretendemos mostrar aqueles que mais nos identificam.

Durante este exercício, fizemos todos os esforços para melhorar o trabalho prestado aos nossos clientes. Procurámos manter-nos mais perto deles, ouvindo e satisfazendo as suas necessidades, e também reforçando o trabalho de equipa e a colaboração entre áreas de atuação e profissionais do escritório, com o objetivo de contribuirmos com algum valor acrescentado. Como prova desta preocupação constante com os nossos clientes, este ano temo-nos concentrado, sobretudo, em ampliar e reforçar a assessoria transversal e especializada em setores chave da atividade, o que na Garrigues designamos por «indústrias».

O compromisso, a dedicação e a experiência comprovada da nossa equipa foram fundamentais para ultrapassar as exigências do mercado e assumir responsabilidades com firmeza e determinação. Pusemos à vossa disposição as ferramentas e oportunidades necessárias para que pudessem desenvolver todo o vosso potencial e talento.

Um plano de carreira estruturado, a participação em questões do maior relevo e a formação contínua são os pilares fundamentais para se alcançar este objetivo. A procura constante do melhor serviço que satisfaça os nossos clientes e da maior clareza das nossas propostas de serviços levaram-nos a alterar, durante o ano de 2012, a nomenclatura das categorias profissionais, as quais entrarão em vigor no próximo ano fiscal, para que a sua definição transmita o grau de experiência dos nossos profissionais. Sentimo-nos especialmente orgulhosos das atividades pro bono, em que os nossos profissionais ajudam com aquilo que melhor sabem fazer, o seu trabalho. Durante este exercício, o escritório concebeu um programa pro bono.

O programa reúne as principais características dos serviços jurídicos pro bono − legais e fiscais − prestados gratuitamente a entidades sem fins lucrativos e cujos objetivos e atividades são beneficentes, assistenciais, culturais e educativos. A sua formalização teve lugar no exercício de 2013, com a apresentação do Manual Pro Bono, que reúne os termos e condições que regulam este programa.

Além do trabalho pro bono, e mantendo-se fiel à sua própria natureza, o escritório concentrou uma parte importante das suas políticas de responsabilidade social na investigação jurídica e na atribuição de bolsas e prémios a jovens juristas, através da Fundação Garrigues e do Centro de Estudos Garrigues. As iniciativas no âmbito da ação social que foram desenvolvidas durante este ano contaram com a participação de muitas pessoas.

Em matéria ambiental, dirigimos as nossas prioridades para a identificação, avaliação e gestão dos impactos, especialmente no que se refere ao uso eficiente e responsável dos recursos e infraestruturas.

A advocacia não é, nem deve ser, alheia à crise económica. A situação do mercado está a provocar ajustes no setor. A Garrigues sofreu uma descida moderada do montante das suas receitas durante o exercício de 2012. Temos trabalhado mais, mas a situação difícil de muitos dos nossos clientes e a forte concorrência não permitiram que os nossos honorários fossem semelhantes aos dos exercícios anteriores.

No entanto, estamos satisfeitos porque, graças ao talento e dedicação do nosso pessoal e ao controlo das nossas despesas, temos conseguido manter a nossa quota de mercado e a nossa rendibilidade.

O desafio para o exercício de 2013 é continuar a melhorar o serviço prestado aos nossos clientes, mantendo-nos fiéis aos valores e princípios deontológicos inspiradores das nossas marcas de identidade, otimizar os recursos e apostar no desenvolvimento dos nossos colaboradores.

Estas apostas permitir-nos-ão sair reforçados deste período de incerteza, mantendo o escritório, no futuro, na atual solidez e consolidando a nossa posição de liderança no mercado dos serviços jurídicos.

Para concluir, queremos agradecer aos nossos clientes a confiança que depositam na Garrigues e aos nossos profissionais o grande esforço que estão a fazer.

Fernando Vives (Sócio diretor) | Ricardo Gómez-Barreda (Sénior partner)