News

Pela primeira vez na história de um escritório português

Garrigues é pelo quarto ano consecutivo a melhor firma fiscal portuguesa

05/14/2013

A Garrigues foi distinguida com o prémio “Melhor Firma Fiscal do Ano” em Portugal em 2013, atribuído pela “International Tax Review”, ganhando pelo quarto ano consecutivo o mais prestigiado prémio de fiscalidade internacional.Uma faceta que acontece pela primeira vez na história de um escritório português. Assistiu à entrega do galardão o sócio Fernando Castro Silva, numa cerimónia realizada em Londres, ontem à noite.

Desta vez a concorrência foi bastante maior, uma vez que a Garrigues competia com as consultoras Baker Tilly Portugal, Ernst & Young, Linklaters, MLGTS, PLMJ, PwC e Vieira de Almeida.

Para Fernando Castro Silva, sócio da Garrigues e responsável pelo departamento de Fiscal, este prémio é “uma justa compensação da estratégia conduzida, centrada na qualidade de serviço, e do esforço que toda a equipa do departamento fiscal da Garrigues tem vindo a desenvolver desde o seu arranque, em 2006, ao mesmo tempo que representa o reconhecimento e apoio dos nossos clientes sem os quais nada disto seria possível."

O prémio é atribuído anualmente por esta reputada revista especializada em fiscalidade e visa escolher a firma que mais se tenha destacado no último ano na assessoria fiscal de operações de Fusões e Aquisições, Reestruturação de Empresas e Contencioso Tributário.

Recorde-se que, em 2010, 2011 e 2012, a Garrigues foi distinguida com este prémio. Em Espanha, ganhou o título de “Melhor Firma Fiscal do Ano” em Espanha, sete anos consecutivos, entre 2005 e 2011.

A equipa de direito fiscal da Garrigues, liderada pelo sócio Fernando Castro Silva, conta com cerca de 30 profissionais especializados nos escritórios de Lisboa e do Porto, sendo atualmente o maior departamento fiscal entre sociedades de advogados em Portugal.

Share

  • Share in LikendIn
  • Share in Facebook
Escritórios relacionados
Áreas de Atuação
Attached images:
  • Assistiram à entrega do galardão os sócios Ignacio Corbera e Fernando Castro Silva