News

Garrigues arrecada prémio MAKE

11/17/2015

No caso da Garrigues, foi valorizado o desenvolvimento de diversas ações de gestão do conhecimento para alcançar melhores resultados nos seus serviços. Os resultados do estudo inerentes ao prémio MAKE foram obtidos através do método Delphi, que recolhe opiniões de especialistas reconhecidos internacionalmente em Knowledge, bem como a executivos de empresas presentes na Global 500 de Fortune. Primeiramente, a nível europeu houve 58 candidatos, dos quais 21 foram finalistas e, finalmente só 15 saíram vencedores. Entre eles, a Garrigues, que é a única sociedade de advogados que figura nesta lista, juntamente com a Inditex, uma das duas únicas firmas espanholas reconhecidas.

Para a diretora do Departamento de Documentação e Gestão do Conhecimento, Isabel Casas, “ser um dos vencedores do estudo europeu MAKE 2015 permite-nos demonstrar aos nossos clientes o sólido e eficaz sistema de gestão do conhecimento no qual se apoiam os nossos profissionais para prestar-lhes o melhor serviço. Sustentando, também, o compromisso da Garrigues com a gestão do conhecimento e inovação". "Este reconhecimento destaca a importância de departamentos de suporte numa sociedade como a nossa. Pessoalmente, sinto uma enorme satisfação por liderar a equipa de Knowledge, dinâmica e inovadora e dedicada ao serviço dos nossos advogados", assegura a profissional da Garrigues.

A equipa de Documentação e Gestão do Conhecimento da Garrigues já havia obtido um importante reconhecimento em setembro passado, ao ficar entre os seis escritórios finalistas na categoria "Best Knowledge Management Team" nos The Lawyer Business Leadership Awards 2015.

Embora não seja habitual no setor, a Garrigues sempre confiou a gestão de ferramentas de colaboração internas e com clientes ao departamento de Knowledge. O seu papel, entre outros, é proteger e estimular a colaboração dentro e fora do escritório, através de diferentes plataformas e serviços disponíveis para os advogados.

Concretamente, o estudo MAKE 2015 destaca a Garrigues pela sua capacidade de desenvolver um ambiente favorável para a colaboração e partilha do conhecimento. Esta é uma das oito dimensões que o painel de especialistas MAKE avalia e analisa no estudo, em conjunto com:

• A capacidade de criar uma cultura corporativa de conhecimento.

• O apoio da direção no papel de gestão do conhecimento.

• A inovação e criatividade no desenvolvimento de novos produtos e serviços.

• A gestão do capital intelectual da sociedade.

• O sucesso em criar uma organização de aprendizagem.

• A atenção para o conhecimento de acionistas e clientes.

• A transformação do conhecimento corporativo em valor para os grupos de interesse, os clientes e acionistas.

A Garrigues passou décadas a investir nestes campos. A partilha de conhecimento, o fluxo de novas ideias e a utilização das melhores tecnologias permitem inovar, ano após ano, melhorando e agilizando processos que possibilitam oferecer um serviço de qualidade, reconhecido em inúmeras ocasiões pelos nossos clientes.

Share

  • Share in LikendIn
  • Share in Facebook
Advogados relacionados